Para melhor visualização desta página recomendamos a instalação do Adobe Flash Player

Get Adobe Flash player

Olá!

Geral  -  10 de fevereiro de 2009 - por Tati  - 0 comentário

Fotografia

As fotografias que também são poéticas, revelam a luz como quem usa as palavras e definem composições como quem constrói versos.
Estudadas ou espontâneas, umas vezes rimam e têm métrica, outras tantas são livres e sem amarras gramaticais.
De qualquer destas formas podem nascer os mais belos “poemas”, que revelam os sentimentos e a genialidade de quem os faz…. e que tocam o ser de quem os “lê”!

Banal ou invulgar, belo ou feio, claro ou confuso, rico ou pobre, perto ou longe, novo ou velho, morto ou vivo, grande ou pequeno, alegre ou triste… Tudo é relativizado na fotografia, tal como o valor e o significado que palavras iguais podem ter na escrita de poetas diferentes.

Há fotografias poema e há poemas com mil imagens!

Autora: Torrada e meia de leite


Deixe seu comentário


Enviar Comentário