Para melhor visualização desta página recomendamos a instalação do Adobe Flash Player

Get Adobe Flash player

Leonardo | Ensaio | Mogi-Mirim-SP

Book, Ensaios, Infantil  -  5 de maio de 2015 - por Tati  - 2 comentários

Esse é mais um daqueles posts que por motivos pessoais fico muito feliz em publicar!
Momento saudosismo. Senta que lá vem a história!
O Leonardo é filho da Sabrina, minha amiga de infância. Nos conhecemos em 1986 e os pais dela moram em frente a casa dos meus pais até hoje.
Estudamos na mesma escola até a oitava série ( O Pedro Ivo estudava com a gente, e quem poderia imaginar que eles se casariam?), sempre fomos e voltamos a pé, as vezes de ônibus, mas a pé sempre era uma aventura!

Uma vez, voltando da escola pela 22 de Outubro (que ainda não era asfaltada), resolvemos roubar abacate. Ela levantou a cerca para eu passar por baixo e enquanto eu estava colhendo os abacates, uma caminhonete parou, ela saiu correndo e me deixou lá sozinha. Eu tentei sair pela cerca mas fiquei com a roupa enroscada, enquanto de longe ela sentou no chão para rir. O cara da caminhonete também caiu na risada, porque ele só queria que eu pegasse abacates pra ele também.

A Sabrina, a Jéssica e a Dani, tinham um videogame e um Lego, que até hoje é meu sonho de consumo. Já pesquisei no google pra ver se encontro, mas é muito difícil porque não sei o nome. O jogo mais legal eu lembro que a gente chamava de Didi (?)

Mas o maior passa tempo era brincar com a imaginação, repartir nossas casinhas com cabos de vassouras, brincamos muito de Caverna do Dragão e sempre que a Angelica saía, a gente aproveitava para brincar de gato mia (rs).

Depois nós “crescemos”, já estávamos com 14 anos e éramos a turma do quadradinho. Já expliquei o que é turma do quadradinho no post do ensaio do meu amigo Cristiano.

A turma do quadradinho, foi numa fase da minha vida que guardarei no coração para sempre com muito carinho.
Comecei a namorar muito cedo e acabei me afastando deles… e também comecei estudar a noite, que era o horário dos nossos encontros. Até pouco tempo atrás, me referia à eles como a minha turma, mesmo sabendo que cada um tinha tomado um rumo e algumas vezes acontecia um esbarrão na rua e aquela disfarçadinha para não cumprimentar…  eu ficava chateaaaada... mas acabei me conformando (Eu sou  a dramática em pessoa! rsrs)

Depois de anos, por coincidência, o Cri e o Adriano entraram em contato comigo na mesma semana (sem combinar), para marcarmos um encontro, e eles vieram em Piracicaba me visitar! Logo depois a Sabrina me encontrou no Facebook e retomamos o contato. Eu fiquei tão feliz!!! Pra fazer jus da dramática que sou, pensei, “será que vou morrer”? Eu estava encontrando todo mundo que eu gostava!

E sábado tive o prazer enorme de fotografar o filhinho da Sabrina e Pedro Ivo. O Leonardo é uma fofura, bonzinho, calminho e lindo… ele deve ter passado na fila da beleza mais de 20 vezes!

Jéssica, Sabrina e Léo, foi muito gostoso passar a tarde com vocês!


Comentários

2 Comentários para Leonardo | Ensaio | Mogi-Mirim-SP


  • Sabrina disse:

    Sensacional… Fiquei encantada com as fotos e principalmente com as suas lembranças, já que elas fazem parte de mim… Lembro de tudo isso e parece que não faz tanto tempo assim que passamos esses bons momentos, e foram muitos… e muitas risadas!!!
    Esse fim de semana foi incrível, por estar com meu filho, com minha irmã e com você. Faltou o Pedro Ivo, mas eu entendo…
    Mais uma vez, obrigada Tati e Anderson pelo trabalho maravilhoso e por registrar cada detalhe… amei… as fotos ficaram lindas…

  • Carlos Roberto Miguel disse:

    A Sabrina, a Jéssica e a Daniela, mencionadas pela Tati Correa são filhas do meu primo LUIZ GONZAGA MIGUEL, casado com a querida ANGÉLICA. Elas nasceram no Espírito Santo do Pinhal-SP, cidade onde nasceram também os meus pais Haroldo Miguel e Amélia Munhoz Miguel. As três filhas do Gonzaga, meu primo, chegaram a brinca com os meus filhos Cristiano e Gabriela, quando eram bem pequenos. Pergunto: alguém que estiver lendo este meu registro pode fazer o tempo voltar para 1975 para que eu possa pegar no colo essas crianças e apertá-las de paixão? Se tiver a receita de como voltar o calendário, favor informar o Radialista Gonzaga, meu primo que mora no meu coração. Carlinhos.


Deixe seu comentário


Enviar Comentário